R2 Formação Pedagógica

[R2 Formação Pedagógica]
  • (11) 3337-0364
  • (11) 9 5470-6069
MENU

Diferença entre Licenciatura Curta e Licenciatura Plena (graduação)

No momento de escolher qual o caminho profissional seguir, podem surgir inúmeras dúvidas. Por exemplo, no caso do estudante optar pela licenciatura, qual é a melhor opção?

Diferença entre Licenciatura Curta e Licenciatura Plena (graduação)

Antes de explanar o que ainda é permitido no Brasil ou não, é importante que seja explicado quais os tipos de licenciaturas existem.

Mas o que é licenciatura?

A licenciatura é um formato de grau acadêmico. O título é recebido por quem  se forma no ensino superior com uma carga adicional de uma atividade específica. Sendo assim, o formando poderá exercer uma determinada função pela qual ele estudou de forma adicional.

É permitido que o formando exerça uma atividade com formação em licenciatura quando o mesmo se forma em determinada área, assim a magistratura concede a ele uma autorização que o possibilita dar aulas em determinada área, tanto para o ensino fundamental, como para o ensino médio.

Quais os tipos de licenciaturas que existem?

Há alguns anos houve a necessidade de criar a licenciatura curta. Isso porque acreditou-se que era necessário uma formação mais rápida de professores, sendo assim, nesta modalidade a licenciatura exige apenas uma carga horária de estudos inferior a categoria de licenciatura plena. Quem se formava na licenciatura curta poderia dar aulas apenas para os estudantes do fundamental I e II.

A licenciatura plena exige uma carga horária de 180 horas de graduação. Isso quer dizer, que nesta categoria o licenciado possui mais tempo de preparo, estudo e pesquisa na área. Sendo assim, os licenciados nesta categoria podem dar aula até no ensino médio.

Qual a melhor categoria de Licenciatura?

Atualmente, a licenciatura curta não é mais permitida, de acordo com a Lei nº 9.394/96:

Art. 1º Os cursos de licenciatura de curta duração previstos na Lei 5.692, de 1971, estão extintos pela Lei 9.394, de 1996, assegurados os direitos dos alunos.

Apesar da lei que está em vigor, os professores já formados pela licenciatura curta, quando ainda era permitida, ainda conseguem exercer a função de professor.

No caso de quem opta pela licenciatura de acordo com a lei atual, o estudante da licenciatura plena terá uma formação completa. Este tipo de formação é praticamente um bacharelado, levando em consideração algumas diferenças, tais como: além da grade curricular normal, como de um bacharelado, o estudante de licenciatura plena deve passar por atividades exigidas pelo magistério. Como por exemplo:

  • Aulas de pedagogia
  • Estágio obrigatório de formação na área

Resumindo o conteúdo do artigo: toda licenciatura atualmente é plena. Quem opta por essa profissão terá a oportunidade de escolher entre diversas áreas, tais como: artes cênicas e artes visuais, ciências da natureza, área de exatas e a de ciências sociais e humanas.

Conheça os cursos oferecidos pela nossa empresa, e se torne um professor completo e preparado para o mercado.