R2 Formação Pedagógica

[R2 Formação Pedagógica]
  • +55 11 96275-4573
Aréa do Aluno (AVA)

Segunda graduação em Ciências Sociais

Segunda graduação em Ciências: Saiba como a segunda graduação em Ciências Sociais pode favorecer o seu reconhecimento profissional. Aproveite!

Segunda graduação em Ciências  Sociais

Saiba como a segunda graduação em Ciências Sociais pode favorecer o seu reconhecimento profissional

Uma opção para quem deseja buscar novas oportunidades no ramo da educação é cursar uma segunda graduação em Ciências Sociais.

Além de deixar o seu currículo mais atrativo, uma nova licenciatura vai favorecê-lo na hora de disputar os cargos com os demais profissionais.

Sabe-se que a área da educação está carente de bons profissionais, neste sentido, quanto melhor for a sua qualificação, maior será a sua valorização no mercado.

Por este motivo, separamos informações importantes acerca da segunda graduação em Ciências Sociais, a fim de convencê-lo de que estar preparado é sempre a melhor opção.

Fique por aqui, até o final!

 

A que a segunda graduação em Ciências Sociais credencia seus formandos?

Quem opta pela segunda graduação em Ciências Sociais se torna apto a atuar na educação básica, que compreende principalmente:

 

  • Escolas;
  • Instituições educacionais públicas;
  • Instituições educacionais privadas.

 

Após a conclusão do curso,  estes profissionais são habilitados a lecionar os conteúdos relativo às seguintes áreas:

 

  • Sociologia;
  • Antropologia;
  • Ciência Política.

 

Além disso, a atuação pode ocorrer também nas áreas de consultoria e no planejamento de atividades relacionadas à área.

A  segunda graduação em Ciências Sociais tem como base um projeto que busca tratar de forma igualitária as modalidades bacharelado e licenciatura.

Todavia, são aplicadas metodologias específicas. 

Elas são focadas na formação de professores.

Assim, a compreensão das ciências sociais adaptadas aos mecanismos de ensino-aprendizagem. 

E a abordagem teórica e prática das atividades referentes ao ensino e sua coletividade são abordados separadamente, de acordo com as matrizes curriculares.

 

Resumidamente, a prática docente tende a presumir a habilidade na interpretação e problematização, bem como, o desenvolvimento de habilidades e competências na condução do ensino das disciplinas. São elas:

  • Sociologia;
  • Antropologia;
  • Ciência Política.

 

Estes conteúdos citados acima são indispensáveis no desbravamento da complexidade da existência humana em seu contexto social e também no processo pedagógico.

Que visa a desconstrução da concepção dos fenômenos naturais e da conduta moral e seus impactos na vida social. 

Neste fator, a cidadania entra como ponto importante esurge com o intuito de promover consciência.

A saber que os valores escolares se unem aos valores morais para formar pessoas comprometidas com o comportamento social.

Abaixo vamos aprofundar nos conceitos debatidos na segunda graduação em Ciências Sociais.

 

Confira!



Veja a importância de uma segunda graduação em Ciências Sociais na concepção de vidas dos alunos

 

A discussão em torno da sociedade e seu comportamento vai muito além das salas de aulas.

E isso fica evidente na relação estabelecida entre alunos e professores e os impactos dessa relação fora das escolas, por exemplo

Neste caso, a visão sistêmica nas áreas  sociológica, antropológica e política torna-se essencial para a formação do aluno enquanto cidadão.

Neste curso aprende-se a ser referência em diálogos complexos e no desenvolvimento de argumentos coesos frente aos questionamentos sociais.

Este curso é voltado para a implantação de uma postura reflexiva. 

Ou seja, propõe senso crítico apurado.

Além de garantir uma qualificação específica ao profissional que deseja ampliar seu repertório de conhecimento.

Em outras palavras, a visão da realidade complementa os objetivos e benefícios que a segunda graduação em Ciências Sociais pode trazer.

Afinal de contas, um profissional da edição é também um eterno aprendiz, que se dedica a entender para ensinar.

E assim, formar cidadãos mais conscientes de seu papel social.

O saber na era pós-moderna é nada mais nada menos que um elemento de realização pessoal.

Assim, torna-se ainda mais considerável a possibilidade de se cursar uma nova licenciatura. 

Estudar Ciências sociais traz ao profissional a concepção de sua importância sob os pontos de vista: econômico  e político da nação.

Além de influir diretamente sobre o ambiente social e cultural ao qual está inserido. 

 É neste contexto que as pessoas buscam sua educação intelectual e seu desenvolvimento cultural.

 Em outras palavras, o conhecimento adquirido, é diretamente responsável pela contribuição de cada ser humano ao universo ao qual está incluído.

Porém, este é um perfil que não engloba toda a sociedade brasileira, boa parte dela está desintegrada dos parâmetros básicos da educação.

Com isso, é notório o reflexo dessa defasagem na concepção política e social das pessoas.

 

A segunda graduação em Ciências Sociais e o ponto de vista social e profissional

O poder questionador iminente da educação e da preparação intelectual estão diretamente relacionados com as ciências sociais. 

Assim, as matrizes curriculares das instituições básicas trazem à tona discussões importantes e despertam no aluno a capacidade de opinar e principalmente, de entender como agir. 

Dessa forma, os docentes precisam estar preparados não só para lecionar, mas também para estabelecer diálogo com seus alunos.

A fim de que os mesmos possam aprender a questionar a sociedade, a si mesmo e a se posicionar frente ao inaceitável.

Tendo abordado todos estes conceitos e percepções diante do tema, vamos agora aos tópicos que revelam o que uma profissional precisa saber antes de se decidir por uma segunda graduação em Ciências Sociais.

 

1. A quem este curso se destina?

Esta área é procurada principalmente por profissionais  engajados em causas sociais e sindicais. 

Para quem ainda tem dúvidas, a graduação em ciências sociais tem como princípio o estudo da relação humana.

Além de aspectos sociais, políticos e econômicos.

A saber que, o habilitado em licenciatura está credenciado a dar aulas, já os bacharéis em sua maioria, se dedicam a assessorias e planejamentos.

 

2. Qual a grade curricular do curso?

Apesar de haver variações entre uma constituição e outra, o projeto  da disciplina tem alguns pilares básicos em sua composição curricular.

Na maioria das vezes, estes conteúdos contam com uma infinidade de materiais de suporte, que favorecem através da leitura, uma melhor absorção do conteúdo.

Pesquisa, teoria e  prática. 

Estas e outras diretrizes são abordadas. 

Por meio dos seguintes conteúdos:

  • Introdução à Ciências Sociais.
  • Antropologia.
  • Política.
  • Métodos e técnicas de pesquisa.
  • Estatística.
  • Movimentos sociais.
  • História.
  • Filosofia.
  • Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem.
  • Educação inclusiva.
  • História da educação.
  • Gestão escolar.

 

Como requisitos básicos e obrigatórios para a obtenção do diploma de uma segunda graduação em Ciências Sociais podemos citar:

 

  • Aprovação em todas as disciplinas;
  • Estágio e Monografia;
  • Frequência (cada instituição dispões de seus próprios critérios para contabilizar faltas e presença);
  • Colação de grau.

 

3. Como é o mercado de trabalho?

O licenciado pode dar aulas na educação básica e na educação superior, caso se empenhe em um mestrado.

 

4. Como são os Salários destes profissionais?

Uma pesquisa recente da Catho divulgou que o piso salarial do professor é de R $2.092,69. 

Contudo, esses valores sofrem alterações de acordo com cada região.

 

5. Quais os valores de  mensalidades do curso?

O site "Mundo Vestibular" aponta que o valor médio da mensalidade para o curso é de R$1000.

Porém, cabe ressaltar que por se tratar de uma segunda graduação em Ciências Sociais o valor tende a ser bem mais baixo.

Principalmente, nas instituições EAD.

 

6. Como estudar? 

E por falar em EAD, o curso de ciências sociais pode ser oferecido tanto no formato presencial, quanto à  distância.

No entanto, o formato a distancia se tornou o preferido devido às suas vantagens.

Além disso, é possível estudar no semipresencial.

No formato 100% online os alunos precisam estar todos os dias na instituição. 

Já o semipresencial prevê que  80% da carga horária seja cursada em sala e os  outros 20% através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

Por fim, temos o modelo 100% online, neste, o aluno estuda onde e onde estiver. Seja comum computador ou mesmo, um celular

Tanto as atividades, quanto nos conteúdos são disponibilizados no ambiente virtual.

Em alguns casos as aulas acontecem ao vivo,  mas na maioria das vezes são gravadas.

Assim, o aluno tem a tranquilidade de estabelecer o momento ideal para os estudos.

Contudo, é preciso ter comprometimento. 

Pois, as atividades têm prazos que precisam ser cumpridos. 

 Assim, você alcançará as notas necessárias.

Além disso, terá melhor aproveitamento.

Esta entrega é o que comprova também a presença do aluno na aula. 

Assim há garantia que o conteúdo está sendo explorado pelo aluno.

Dessa forma, ele será aprovado de forma qualificada. 

E apta a encarar uma sala de aula ou qualquer outro ambiente de atuação.

Geralmente, os polos se colocam à disposição para  sanar dúvidas.

Sendo assim, tutores são disponibilizados.

Eles são  responsáveis por prestar todo suporte ao aluno.

Além da flexibilidade que o modelo oferece, é importante ressaltar que o diploma oferecido pelo ensino à distância é o mesmo que o presencial.

Basta apenas que a instituição esteja regularizada junto ao MEC para que o documento possa ser validado.

 

Conclusão 

Viu como uma segunda graduação em Ciências Sociais pode ser uma opção assertiva para sua ascensão profissional?

Pois é,  então chegou a hora de tirar os sonhos do papel e dar sequência aos estudos.

A boa notícia é que tempo e dinheiro não são problemas. 

As instituições EAD estão cada vez mais atuantes no compromisso de que você estude e por um valor acessível e dentro do seu tempo.

Se você está pesquisando em qual instituição fará o seu curso, lhe convidamos para conhecer a R2.

Nossa instituição é focada na área da educação.

Por isso, dispõe de uma infraestrutura completa para atender você.

Venha nos conhecer melhor.

ENTRE EM CONTATO AGORA MESMO!


 



Contato via Whatsapp